INCIDÊNCIA POLÍTICA: A VOZ DE UM POVO

Maraã, AM. No dia 04 de abril, 44 indígenas dos povos Kanamari e Miranha, das aldeias São Francisco, Patauá, Ponta Branca e Arauacá estiveram reunidos na primeira Reunião de Incidência Política de 2018, no município. Com a presença do Presidente da Câmara de vereadores, Secretaria Municipal de Saúde, Coordenação de Educação Escolar Indígena e o vice prefeito, Edir Castelo Branco, no momento foram tratados assuntos relacionados às políticas públicas indigenistas de saúde e educação nas quatro aldeias, onde as lideranças leram e entregaram dois documentos reivindicando a construção e reforma de escolas e posto saúde, merenda escolar em maior quantidade e melhor qualidade, material didático, carteiras, mesas, um gerador de energia para a aldeia Arauacá, entre outras reivindicações específicas para cada aldeia. O resultado da incidência foi a concordância por parte dos representantes dos órgãos públicos de que as reivindicações são legítimos e o compromisso de agendar uma reunião mais abrangente com os poderes executivo e legislativo do Município, A compreensão de todos foi de que há necessidade de ampliar os diálogos para atender as demandas das aldeias.

Foto oficial ao final da reunião de Incidência Política. Povos Kanamari e Miranha. Foto: Edvarde Bezerra.

As reuniões de incidência política fazem parte do projeto “Garantindo a defesa de direitos e a cidadania dos povos indígenas do médio rio Solimões e afluentes”, realizado pela Cáritas da Prelazia de Tefé e Conselho Indigenista Missionário (CIMI-Tefé), financiado pela União Europeia e CAFOD, Agência Católica para o Desenvolvimento Internacional.

Entrega do Boletim Huhuride ao Presidente da Câmara de vereadores de Maraa. Foto Edvarde Bezerra.
Vice Prefeito Edir Castelo Branco, assinando o documento de reivindicações dos povos Kanamari e Miranha elaborado na reunião de Incidência Política. Foto Edvarde Bezerra.
Leitura do documento de reivindicações elaborado durante a reunião de incidência politica em MAraã. Manoel José Solart (de vermelho), Conceição da Silva e Oziel Kanamari.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *